NOTÍCIAS

Programa de proteção às mulheres é aprovado em Itupeva




Foto: Site Oficial Prefeitura de Itupeva

As ações de combate à violência contra a mulher ganhou mais um reforço nessa quinta (14). É que foi apresentado em uma reunião na Câmara Municipal de Itupeva o prjeto 'Guardiã Maria da Penha'. Elaborado pela Prefeitura após indicação da vereadora Ana Paula Marciano, a ideia é proteger e acompanhar mulheres vítimas de violência doméstica e com medidas protetivas de urgência determinadas pelo Ministério Público.

Nesta quinta-feira (14/01), a Guarda Civil Municipal Andreia Melo (Coordenadora do Programa Guardiã Maria da Penha do Município de Jundiaí) apresentou, na Câmara Municipal de Itupeva, dados e como funciona o programa em Jundiaí.

“Itupeva aderindo a esse projeto, entendo que é uma importância enorme. Precisamos atender as mulheres no Aglomerado Urbano e o maior número de municípios possíveis, porque a mulher, por conta da violência, migra para outras cidades para se proteger, tendo o projeto em outros locais, ela irá se sentir acolhida e protegida onde estiver”, ressaltou a CGM Andreia Melo.

“Essa é uma ação conjunta entre Segurança Pública, Judiciário, Ministério Público, Assistência Social e Saúde e outras áreas envolvidas, que busca como principal objetivo combater a violência física, psicológica, sexual, moral e patrimonial contra as mulheres, monitorando o cumprimento das normas penais e garantindo sua proteção. O prefeito Marcão Marchi está empenhado e não medirá esforços para colocar o projeto em prática o mais rápido possível”, comentou Aline Alves, secretária de Desenvolvimento Social, que representou o prefeito Marcão Marchi na Câmara Municipal.

“Esse projeto já acontece em algumas cidades, o município de Jundiaí vem executando de maneira exemplar e, por isso, procuramos através deles orientações para que possamos colocar em prática aqui em Itupeva. É um projeto que para nós mulheres é um grande avanço, o qual valoriza, acolhe e nos protege”, comentou a vereadora Ana Paula Marciano.

A Guarda Civil Municipal é muito importante neste projeto, porque atua diretamente na proteção dessas vítimas, garantindo as medidas previstas em Lei. “Como todo o trabalho da GCM, que sempre procuramos atender a população da melhor maneira possível, também vamos abraçar esse programa, e nos dedicarmos ao máximo, promovendo um policiamento e acolhimento humanizado, para encaminharmos essas mulheres para os serviços necessários” explicou o comandante da GCM de Itupeva, José Augusto Gonçalves Alves.

“A gente precisa cuidar das nossas mulheres e acho que estamos no caminho certo. Esta Casa está aberta para o debate de ações que visam a proteção, o acolhimento e a garantia dos direitos das mulheres. Parabenizo a equipe de Jundiaí, em nome da GM Melo, pelo detalhamento do projeto que nos foi passado, e vamos trabalhar para que seja implantado o mais breve possível em nosso município”, disse o presidente da Câmara Municipal de Itupeva, Edicarlos Candiani Luna.


Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



NOTÍCIAS  |   08/03/2021 16h59

Itupeva - SP
 




NOTÍCIAS  |   07/03/2021 11h05

Itupeva - SP
 

NOTÍCIAS  |   07/03/2021 10h50

Itupeva - SP