NOTÍCIAS

Várzea Paulista: Dengue tem apresentado sintomas parecidos com os de síndromes gripais

Várias pessoas com dengue têm apresentado, recentemente, sintomas bem comuns em síndromes gripais como a Covid-19: febre, dor no corpo, dor de cabeça e fadiga. Quem está com esses sintomas, além de procurar o serviço médico para conferir se não se trata de Covid-19, deve ficar ciente de pode ser dengue e um exame de sangue se faz muito importante para atestar se existe ou não o vírus causado pelo Aedes aegypti na corrente sanguínea.

O número de casos confirmados de dengue em Várzea Paulista tem aumentado e, na tarde desta segunda-feira (28), chegou a 37. Desde o dia 23 de março, foram novos 14 casos, que representam um aumento de 37,8%, índice considerável.

Segundo o coordenador municipal de Vigilância e Zoonoses, André Purgato, é muito importante que a população ajude a Prefeitura no combate ao vetor causador da doença, olhando o quintal ao menos uma vez por semana, para verificar se não há água parada, já que, no calor, a formação completa do mosquito leva 7 dias em média. Em recipientes como pneus ou pratinhos com água, o mosquito da dengue pode se proliferar e o descarte da água antes desse período pode evitar que ele se forme totalmente e possa causar a dengue.

Intensificação do combate

O Controle de Zoonoses da Prefeitura já tem feito as visitas casa a casa e a outros pontos necessários, para orientar moradores e ocupantes desses espaços e acabar com os criadouros encontrados. De acordo com Purgato, diante do aumento dos casos, também está prevista uma intensificação aos sábados nas regiões com maior incidência da dengue. "Faremos um mutirão nos locais com maior número de casos. Estamos definindo os detalhes", informa.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



NOTÍCIAS  |   27/06/2022 19h37

Várzea Paulista - SP
 




NOTÍCIAS  |   23/06/2022 19h28

Várzea Paulista - SP
 

NOTÍCIAS  |   21/06/2022 19h12

Várzea Paulista - SP